Pele de verão: como manter a hidratação antes e depois do sol

07 de janeiro, 2019

comentários
Nos dias de sol e calor intenso muita gente costuma abusar do sol, mas o que a maioria das pessoas não sabem é que os raios UV, além de poder causar doenças na pele, são responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele.

E não é só isso, no verão costumamos transpirar mais, o que faz com que percamos muita água para o meio ambiente devido ao calor. Mas afinal, por que suamos? A dermatologista e consultora de beleza da Condor, Luciana Maluf, explica que o suor ajuda a manter a temperatura da pele e do organismo mais estável, sendo uma proteção e barreira importante para não desidratarmos e trazermos sofrimento para todo o corpo.

LEIA TAMBÉM: 12 dicas para aproveitar o verão sem prejudicar os cabelos

Manter a hidratação da pele é um fator importante para que o manto hidrolipídico (hidratante natural produzido pelo organismo) proteja a pele contra a evaporação excessiva da água, livrando-a do ressecamento. Ou seja, beber água é fundamental para deixarmos nossas células e órgãos em pleno funcionamento.

A dermatologista também chama a atenção para os cuidados na pele fora do verão, uma vez que nos dias mais frios não perdemos tanta água assim para o meio ambiente, mas, em contrapartida, a pele se torna uma barreira superimportante na manutenção da temperatura corporal durante o inverno.

LEIA TAMBÉM: Dermatologista ensina como fazer a maquiagem durar mais no verão

“Para combater o frio, a pele se torna bem mais seca, opaca e desidratada e, por isso, deve receber hidratação externa/tópica pelo menos uma vez ao dia. A água também deve ser ingerida sempre, porém, não necessariamente na mesma (grande) quantidade do verão”, esclarece a dermatologista. beleza dicas de beleza